Voltar para a 1ª página
Produtos para idosos: demanda crescente já inspira novos negócios

 

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que, em 2016, 67% dos idosos eram responsáveis por suas compras e que dessa parcela de idosos, 34% sentia falta de produtos e serviços para a terceira idade. Esse cenário, desde então, ficou ainda mais evidente com o crescimento da população mais velha no país: de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos passou dos 30 milhões em 2017. A união desses fatores motiva o surgimento de empresas focadas em suprir esta demanda com diversos produtos para idosos nos mais variados segmentos.

Segundo o IBGE, até 2060 um em cada quatro brasileiros terá mais de 65 anos – somando uma população de mais de 57 milhões de idosos. Ou seja, esse público consumidor que já sente a necessidade de serviços e produtos específicos será cada vez maior. Dentre os tipos mais procurados de soluções, ainda conforme a pesquisa do SPC Brasil, estão equipamentos eletrônicos adaptados para as dificuldades de uso que vêm com a terceira idade; opções de lazer e itens de vestuário.

E-commerces especializados em produtos para idosos

Em 2017 o comércio eletrônico no Brasil faturou R$ 47,7 bilhões; já no ano de 2016, 16% de toda a população idosa do país utilizava a Internet. Portanto, a existência de uma modalidade de e-commerce focada em vender produtos para idosos se apresenta como um negócio não somente natural, mas também vantajoso. Hoje a web já possui diversas lojas que vendem artigos úteis para quem está na terceira idade, como, por exemplo, bengalas, curativos, aparelhos de pressão, barras de apoio, entre outros.

Teleassistência

Cada vez mais os idosos buscam o que os americanos chamam de aging in place – ou seja, envelhecer em casa. Em vez de ir para Instituições de Longa Permanência (ILPIs) ou se mudar para o lar dos filhos, as pessoas na terceira idade querem viver essa fase em seus lares, com autonomia e independência. No entanto, as limitações e perigos da idade oferecem riscos; pensando nisso, empresas trouxeram ao Brasil a teleassistência (tecnologia que já existe nos EUA há decadas). Com ela, os idosos podem solicitar ajuda em caso de emergência de forma fácil e rápida, geralmente apertando apenas um botão que fica em uma pulseira ou pingente.

Equipamentos eletrônicos

O acesso cada vez maior à Internet mostra como os idosos estão incluídos no mundo tecnológico. No entanto, isso também evidencia a necessidade por aparelhos que se adaptem às especificidades de quem tem mais idade. Não é à toa que o mercado de celulares vê uma expansão de modelos com telas e botões grandes, justamente elaborados para serem usados por idosos. Assim, fabricantes como as brasileiras DL e Multilaser possuem linhas exclusivas de celulares para idosos.

Acompanhamento de exercícios

A prática de atividades físicas e exercícios não apenas ajuda a preservar a saúde e o bem estar dos idosos, como também colabora com a qualidade de vida da população mais velha do país. Por isso, quem deseja manter o corpo em movimento durante a terceira idade pode contratar educadores físicos e fisioterapeutas especializados em trabalhar com idosos – uma especialização cada vez mais procurada tanto por profissionais quanto por idosos.

Turismo na terceira idade

A ideia de passar a aposentadoria em casa já não agrada tanto assim os idosos. Viajar na terceira idade passou a ser o desejo de várias pessoas com mais de 60 anos – tanto que agências de turismo já possuem pacotes e roteiros especiais para esse público. Nesse tipo de turismo, os pacotes com excursões são os mais populares; os guias possuem treinamento especial e os passeios têm características que respeitam as limitações dos mais velhos.

Adaptadores para produtos do dia a dia

Até mesmo itens do cotidiano podem ser adaptados para que pessoas mais velhas tenham mais comodidade no dia a dia. Assim, produtos como ganchos para alcançar objetos distantes, calçados, almofadas térmicas, meias, assento para privada, protetores para as grelhas do forno, abridores de tampas, entre muitos outros, buscam facilitar a vida dos idosos, proporcionando segurança e praticidade para os idosos.

Essas são apenas algumas das opções de produtos para idosos que já estão no mercado visando suprir a demanda de um grupo de consumidores cada vez mais numeroso e exigente.

Fonte: Veja

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa