Voltar para a 1ª página
Terceira idade empreendedora: confira dicas para ganhar dinheiro

 

Os idosos detêm o conhecimento que adquiriram durante toda a vida, por isso, têm expertise para cuidar do próprio negócio. O envelhecimento e a aposentadoria não precisam ser sinônimo de repouso absoluto. Cada vez mais, idosos querem voltar à ativa, ingressando em um novo emprego ou montando um negócio próprio. Seja para complementar a receita familiar ou para ocupar o tempo ocioso, a geração de renda na terceira idade é uma realidade.

Para a consultora financeira Melissa Modeneze, independente da idade, um indivíduo atuante no setor produtivo, além de representante do mercado consumidor, contribui para o fortalecimento e progresso econômico do país. “Não há impedimento para o idoso, aposentado ou não, montar o próprio negócio. Eles detêm o conhecimento que adquiriram ao longo dos anos, sendo profissionais experientes e qualificados, capazes de criar, executar e vender serviços e/ou produtos”, afirma.

Optando por gerar renda, o idoso deve estar ciente de que vai abrir mão do tão sonhado período de descanso da aposentadoria mas, por outro lado, pode conquistar uma vida mais confortável. A dica da consultora é investir em atividades prazerosas, que ocupam o tempo sem causar estresse. “As carreiras mais indicadas são de consultorias, micro franquias e serviços. O mais importante é que façam parte da área de conhecimento que dominam e que seja prazeroso”, sugere Melissa.

A aposentada Maria da Piedade Gama viu em uma paixão a oportunidade de complementar a renda da família. “Sempre me interessei por costura, mas não tinha técnica. Conheci uma costureira profissional, que trabalhava com todo tipo de roupa, das mais simples às mais sofisticadas. Na intenção de aprender, comecei a trabalhar com ela e percebi que tinha potencial. Entrei com a minha criatividade em desenhar novos modelos e ela com a experiência”, conta.

A partir de então, o que seria só distração virou uma fonte de renda.“O dinheiro da costura começou fazer diferença no fim do mês. Não tenho mais tanto tempo livre mas, por outro lado, me sinto útil e feliz por fazer algo que eu gosto e ainda ter mais conforto financeiro. Agora a nossa intenção é começar a vender na internet”, relata a aposentada e costureira.

ESCOLHENDO O NEGÓCIO

Começar uma nova atividade econômica requer muito planejamento, investimento e dedicação. “Antes da abertura do negócio deve-se analisar o mercado do produto/serviço oferecido, o tamanho que ele deve ter frente ao público-alvo, qual a taxa de retorno e se será possível esperar por ele. Também é importante não comprometer todo patrimônio pessoal. Caso tenha dúvidas sobre como desenvolver esta análise, procure um profissional qualificado ou o Sebrae para orientação antes da inauguração”, recomenda a consultora financeira.

Fonte: Seremos Todos Idosos

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa