Voltar para a 1ª página
Idosos que vo fazer Enem mostram que no h idade para sonhar

 

Mais de sete milhões de candidatos devem fazer as provas do Enem no fim de semana. E, entre eles, tem um pessoal com mais experiência querendo recomeçar a vida estudantil.
O nome é Brazil, mas esse senhor é bem japonês. Ele tem 65 anos e é engenheiro há mais de 30. Está entrando naquela fase de descansar, sabe? Não é bem assim.

Desde março, ele estuda para prova do Enem. É que o seu Brazil ainda tem um sonho para realizar, que o acompanha desde menino. “Eu quero ser médico, porque eu quero ajudar pessoas”, afirma o engenheiro e estudante Brazil Itirou Atobe.

Em casa, a família apoiou. “Primeira a incentivar foi a minha esposa. Ela falou assim: ‘Batalha, vai. Porque é o seu sonho, você vai fazer’”, ele diz. Os amigos do trabalho também. Todo mundo está dando a maior força para o Seu Brazil, que é um incentivo para quem também vai fazer o Enem.

“Isso é um exemplo, a gente não parar nunca de estudar, de aprender, de ir até o final com os nossos objetivos”, acredita a estudante Vanessa Almeida.

Claro que os jovens são a maioria na sala de aula. Todos estão estudando para conseguir realizar esse sonho de entrar na faculdade que tanto querem. Só que, como o seu Brazil, tem um monte de gente que já passou dos 60 dividindo espaço com a moçada e doidos pra começar tudo de novo.

É o que está fazendo o Seu Francisco. Ele é um dos sete milhões de inscritos na prova do Enem. O 'setentão' trabalhou como vendedor a vida inteira, aposentou e agora está aí encarando uma maratona de aulas em um cursinho. Faz até relaxamento para prova.

E o Seu Francisco é dedicado; anota tudo. Ele quer ser psicólogo. “Eu tenho a intenção de ajudar as pessoas. Se um dia eu puder fazer isso, eu vou ficar muito feliz”, revela o estudante Francisco de Araújo.

Para se dar bem na prova, é bom todo mundo e o Seu Francisco prestarem atenção nas dicas.

“O fundamental é ele não gastar mais de 3 minutos com uma questão. Dessa forma, se for pulando questões que ele não sabe, ele vai ler a prova com mais tranquilidade e vai deixar as questões mais difíceis para um segundo momento”, aconselha o diretor de cursinho Gilberto Alvarez.

E o mais importante: se bater medo, insegurança, branco, lembra desses dois senhores que tão aí para mostrar para gente que a vida tá sempre começando.

Fonte: G1

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa