Voltar para a 1ª página
Excesso de sono pode ser um mau sinal na terceira idade

 

Dormir bem é essencial em qualquer idade, mas quanto mais o tempo passa, mais qualidade o sono deve ter para que o processo de envelhecimento seja saudável. Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de São Paulo aponta que pessoas com mais de 85 anos apresentam um padrão mais regular do sono.

– Dormir bem significa envelhecer bem. Os idosos com maior e melhor tempo de vida, dorme e acordam sempre no mesmo horário e fazem um cochilo no meio do dia – explica o médico Diego Mazzotti, um dos responsáveis pelo estudo.

O sono é fundamental para a saúde do organismo. O resultado de comer bem e se exercitar pode ser consideravelmente afetado se as noites de sono não vão bem. Outro alerta: dormir mais do que dez horas por dia pode ser um sinal da manifestação de doenças sérias, como o Alzheimer.

Dormir mantém a mente ativa e controla o metabolismo. Quem dorme mal - menos de cinco horas e mais de dez - faz com que a cabeça não funcione mais da mesma forma e faz o corpo diminuir o ritmo, o que está diretamente relacionado ao aumento de peso. Doenças cardiovasculares também podem chegar para quem dorme mal.

– O sono é protetor do nosso organismo. Procurar um médico especialista em sono não é tão comum ainda, mas importante quando os distúrbios do sono aparecem na terceira idade. Ainda assim, acredito que os tratamentos farmacológicos devem ser a última opção – aponta Mazzotti.

Fazer uma higiene do sono é a dica do especialista.

– Ir para a cama apenas quando o sono chegar, evitar televisão e aparelhos eletrônicos que iluminam o ambiente, fazer refeições lever devem ser parte do hábito de quem quer dormir bem.

Hoje, a apnéia do sono é um problema que atinge quase 80% da população com mais de 60 anos. Os sintomas são pausas respiratórias e acordar várias vezes durante o sono e as consequências vão de hipertensão até o declínio cognitivo, que pode levar ao Alzheimer.

– Ainda estamos pesquisando o que vem primeiro: as doenças ou os problemas com o sono.

O especialista explica quais são os sinais de quem está dormindo mal:

1. Cansaço durante o dia
2. Sonolência excessiva
3. Dificuldade para começar a dormir
4. Sono fragmentado
5. Acordar muito cedo e não conseguir mais dormir
6. Falta de atenção

 

Fonte: ClickRbs

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
@dedodeprosatv
facebook.com/programa.dedodeprosa