Voltar para a 1ª página
Robs viram acompanhantes e cuidam de idosos na Europa

 

Na Europa, está em teste o uso de robôs que têm uma tarefa muito delicada. Acompanhar e cuidar de idosos que vivem sozinhos.
Aos quase 95 anos, Dona Nina Lea tem uma mente invejável. Navega sozinha na internet, escreve e-mails e usa as redes sociais. É a forma física que requer os cuidados de um acompanhante 24 horas por dia.

A mais velha internauta da Itália sofre de pressão alta e problemas cardíacos. Há cinco meses um robô cuida da saúde dela. Monitora cada passo.

Se a vovó Lea chama, ele imediatamente intervém. Dentro dele, um rosto humano conversa com ela: “Vovó Lea, como a senhora está hoje?”. “Muito bem. Dormi bastante esta noite”, diz ela.

Ela mede a pressão arterial: 19 por 7. O robô avalia que é um pouco alta. Pergunto se é preocupante: “Absolutamente não”, responde ele. A máquina é ligada aos sensores da casa e a uma central de assistência médica. Assim, poucas pessoas poderão cuidar de muitos idosos. 

Um dos pesquisadores do projeto, Andrea Orlandini, explica que esse robô poderá permitir visitas virtuais a pacientes em lugares distantes. 

Parece um remédio também para a solidão. 'Fiquei viúva há 20 anos. Os filhos estão casados, os netos crescendo. De vez em quando algum parente vem aqui. Eu sempre ajudei mais a eles do que eles a mim. Aprendi a fazer um pouco de tudo na vida', conta a idosa.

A dona de casa ainda faz jardinagem e escreve poemas e histórias romanas do seu tempo, que publica num blog. Recebe uma pensão e auxílio da prefeitura de Roma, que a escolheu para o projeto.

A máquina é financiada pela Comissão Europeia. E além da senhora Lea, a primeira a testa-lo, dois idosos suecos e dois espanhóis estão recebendo a ajuda do robô-acompanhante. A vovó está exausta e agora vai descansar, muito bem acompanhada.

Fonte: Globo

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa