Voltar para a 1ª página
'Pela fé não há cansaço', diz idosa após caminhar 3 km no Círio, no AM

 

Pedir bênçãos, pagar promessas ou até mesmo agradecer por dádivas já alcançadas: este são alguns motivos que levaram cerca de 30 mil pessoas a seguirem em procissão pelas ruas de Manaus, na manhã deste domingo (13). Crianças, jovens e idosos acompanharam a imagem de Nossa Senhora de Nazaré por um percurso de aproximadamente três quilômetros, iniciado no Santuário da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, bairro Praça 14, Zona Sul, com fim na Paroquia de Nazaré, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.  

A aposentada Fátima Corrêa, de 62 anos, participa da celebração desde os 15 anos de idade. De acordo com ela, apesar da idade, não há distância que a impeça de fazer parte da procissão. 'Pela fé não há cansaço e eu estou acostumada. Participava do Círio em Belém e o percurso era bem maior. Este ano não pude ir, mas meus irmãos estão lá para cumprir a tradição', disse ao G1.

Fátima contou que teve problemas de arritmia cardíaca em 2012 e foi curada após pagar promessa para a santa no Círio de Nazaré, no estado do Pará. Ela ainda relatou como conseguiu pegar algumas flores que decoravam a imagem da virgem. 'Eu estava bem pertinho do carro que levava Nossa Senhora e consegui agarrar duas flores. Vou guardá-las com todo amor em um vaso com água e depois tomar um banho com elas para assegurar mais graças ainda', ressaltou.

Casados há 40 anos, Zeno e Neide Simões, também participaram da peregrinação. Segundo eles, a fé é um componente essencial para preservar o amor no relacionamento. 'Estamos juntos há quatro décadas e Nossa Senhora é quem nos mantém. Enquanto nós pudermos, vamos caminhar com ela', afirmou Neide. 'Enquanto caminho, sempre me lembro do quanto esse momento é importante para a nossa família. Minha mãe já se foi, mas quando venho para o Círio, sei que ela caminha comigo, lado a lado', completou.

Além de agradecer à santa pelo matrimônio, Neide enfatizou que o casal sempre pede paz nas comemorações do Círio. 'Pedimos para a nossa família e para o mundo todo, pois sabemos que há muitos outros lugares precisando dela', disse. O estudante André Luis da Mota, de 24 anos, acompanhou parte da procissão em sua cadeira de rodas, empurrada com o auxílio da mãe, Maria Selbia, de 53 anos, e da tia, Seleste Falite, de 55. Segundo a mãe, mesmo com dificuldades, André, que cursa o primeiro ano do ensino médio, sempre faz questão de comparecer ao festejo.'Nós trazemos ele para o Círio e para outros eventos da igreja. Ele adora ir a missa por causa das músicas animadas e a celebração sempre é bem participativa', afirmou Selbia. Ele contou que ainda pretende participar do Círio de Nazaré na cidade de Belém, no Pará.

A servidora pública Cleidiomar Araújo, que participa da procissão há oito anos, relatou com felicidade o crescimento do número de fiéis no evento. 'É maravilhoso ver tantas pessoas de idades diversificadas caminhando pela fé. Entre outras coisas, a procissão é o ponto de encontro de pessoas reunidas em nome de Nossa Senhora e de Jesus. Isso é muito gratificante. É uma emoção ímpar para mim e minhas companheiras', frisou a servidora que seguiu a procissão acompanhada de duas amigas.

O festejo do Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Manaus completará seu centenário em 2014. De acordo com Otacílio Amato, membro da organização do evento em Manaus, o evento será especial e marcante, com a possibilidade de trazer a imagem de Nossa Senhora de Belém até Manaus. O projeto deverá ser proposto à Secretaria de Cultura em Janeiro.

Fonte: G1

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa