Voltar para a 1ª página
Terceira idade: Anticoagulantes na prevenção de doenças

 

Com o envelhecimento, o corpo sofre algumas modificações inerentes à idade associadas a um maior registro de doenças cardíacas, pulmonares, vasculares e a um risco aumentado de eventos trombóticos. O Brasil é o país com um dos índices epidemiológicos mais expressivos em número de mortes por Acidente Vascular Cerebral (AVC) na América Latina, com mais de 129 mil casos todos os anos. E diante deste cenário, a anticoagulação em idosos ganha um papel à parte. Recentemente, surgiu um novo anticoagulante à base de rivaroxabana, e de acordo com o site Cardiosource American College of Cardiology, os autores chegaram à conclusão que a rivaroxabana pode ser usada no combate à trombose venosa profunda (TVP), além de outras doenças cardiovasculares.

Segundo o cardiologista Carlos Scherr, foram 50 anos sem evolução no que diz respeito aos anticoagulantes. “A população tem envelhecido mais e, com isso, o uso deste tipo de medicamento ganhou crescimento entre os idosos. Os benefícios são maiores que os riscos. A rivaroxabana é tão segura ou mais que os antigos anticoagulantes”, diz.

O paciente que sofre o AVCI (acidente vascular cerebral isquêmico), por exemplo, pode fazer uso de medicações que dissolvam os coágulos, porém, não são todas as pessoas que podem usar esses remédios, eles dilatam o vaso sanguíneo, mas podem fazer com que ocorra sangramento. Chefe da cardiologia do Hospital Badim, na Tijuca, e membro da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Armando Santos afirma que qualquer idoso com indicação médica pode se submeter ao uso de anticoagulantes. “A rivaroxabana pode ser usada como profilaxia (medidas para prevenir ou atenuar doenças), na prevenção contra trombose venosa profunda, assim como pode ser usada no tratamento contra a doença”, reforça.

Também temos os alimentos que funcionam como anticoagulantes naturais. Os ácidos graxos encontrados no ômega 3 e 6 atuam no organismo prevenindo doenças vasculares. Encontra-se ômega 3 em alimentos como peixes, atum, anchova, carpa, arenque, salmão, sardinha, frutos do mar e óleo de canola e ômega 6 em sementes oleaginosas, girassol, óleo de milho e soja. O ferro também é um forte aliado na luta contra os coágulos, além do alho e da cebola.

Fonte: Portal O Fluminense

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
Youtube Oficial
facebook.com/programa.dedodeprosa
facebook.com/encontronacionaldedodeprosa