Voltar para a 1ª página
Idosos usam o taekwondo para se livrar das dores

 

De maneira inusitada, um grupo de idosos de Pinhais está dando um passo à frente em direção à qualidade de vida e ao bem-estar durante a melhor idade. Ao invés de exercícios leves, alongamentos e caminhadas, a turma preferiu adotar os golpes do taekwondo como parte do seu dia a dia. “Pode parecer estranho para uma pessoa da minha idade, mas é muito bom fazer essa arte marcial. Minha vida tem melhorado depois que comecei a praticar. Sou outra pessoa”, afirma a aposentada Alda Martins, de 73 anos.

Ela faz parte da turma de 75 alunos que pratica semanalmente o taekwondo durante as aulas oferecidas há cerca de dois anos no Centro de Convivência do Idoso de Pinhais, administrado pela Secretaria Municipal de Assistência Social. No local, o grupo pratica três vezes por semana a arte marcial. Dona Alda é adepta da luta há dois anos. Ela conta que seu cotidiano mudou completamente desde que começou a aprender o esporte. “Antes eu vivia com dores no corpo por causa do reumatismo. Também não tinha elasticidade nenhuma. Vivia parada, só fazendo os afazeres de casa. Depois que comecei tudo mudou. Hoje durmo melhor, minhas dores sumiram e estou mais disposta, com vontade de fazer tudo ao mesmo tempo. Além disso, aprendi a dar uns golpes caso algum ladrãozinho tente roubar minha bolsa na rua”, observa Dona Alda. “Quando acaba uma aula, já começo a contar as horas para a próxima. É um esporte muito bom de se praticar e que me fez melhorar de saúde. Quero praticar cada vez mais, que assim chego fácil aos 100 anos”, brinca.

Estreia


A também aposentada Helena Silva, de 84 anos, participou ontem da aula pela primeira vez. Ela veio a convite das amigas que já praticam o esporte. “Vim porque, pelo que elas me falaram, vale a pena. E pelo o que eu vi até agora vale mesmo. A turma é divertida, os professores são ótimos e as aulas são boas para o meu corpo. Me senti muito bem durante as aulas”, comenta.

Resultados excelentes

As aulas são ministradas por três professores e os exercícios são especialmente preparados para a faixa etária dos alunos, que têm entre 60 e 85 anos. “Nosso objetivo aqui é oferecer a essas pessoas uma atividade física e o taekwondo é um esporte que oferece exercícios de coordenação motora e fortalecimento muscular. Mas o mais importante é a motivação dessas pessoas. Eles são muito motivados e isso inspira a todos”, explica o instrutor Cícero de Paula. Segundo a coordenadora do Centro de Convivência do idoso, Rose Silvestre, a ideia de oferecer aulas de artes marciais a alunos da terceira idade surgiu há dois anos. “Quando quisemos dar mais opções de atividades aos idosos, vimos uma pesquisa feita em diversos países que mostrava que artes marciais eram indicadas para esse público e o taekwondo era a modalidade mais sugerida. Apesar de inusitado, topamos e os resultados são maravilhosos”, explica Rose.

Fonte: ParanáOnline

 

Dedo de Prosa Produções
Rua Riachuelo, 1452 - Sala 205
Bairro Padre Eustáquio
30720-060 - Belo Horizonte/MG



Telefone: (31) 3413-7507
dedodeprosa.tv@uol.com.br
@dedodeprosatv
facebook.com/programa.dedodeprosa